adult, bald, beard-1868750.jpg

Inteligência Financeira – Porque é importante o homem ter?

Foto: Cla Ribeiro

Nós homens aprendemos a nos relacionar com o dinheiro desde quando fomos na vendinha do Seu João comprar doces, balas e afim. Afinal quem é que nunca falou: “seu João me vê tudo em bala? ” Pois é, hoje não é mais possível ver tudo em bala pois não daria uma quantidade significativa. Mas André, o que isso tem a ver com inteligência financeira? Vamos lá.

Quando você ouve o termo inteligência financeira, o que costuma vir à cabeça? Se a resposta tem relação com a sabedoria para gerir recursos, ter uma renda passiva e saber guardar dinheiro visando objetivos previamente traçados, você está no caminho certo. 

No entanto, além de entender o conceito de inteligência financeira, é fundamental saber como colocá-la em prática. E a boa notícia é que qualquer homem que foi na vendinha do Seu João, ou não, pode desenvolver esse tipo de inteligência, não importa se o seu saldo na conta é alto ou mais baixo.

Mas afinal, o que é Inteligência financeira?

É a capacidade de tomar boas decisões com relação ao seu dinheiro, identificando seu momento, traçando metas, e usando seus recursos com estratégia para conseguir alcançar a independência financeira.

Ela te ajudará a atingir os objetivos com mais tranquilidade, dentro do prazo que você quer, e o melhor: tomando as melhores decisões na gestão do próprio dinheiro, evitando agir por impulso. É um caminho seguro para a construção do planejamento assertivo do seu orçamento de forma disciplinada. 

Legal André, mas e como desenvolver esses passos para me tornar mais inteligente financeiramente falando?

Vamos lá.

Podemos seguir quatro pilares básicos da educação financeira:

Reconhecer

O primeiro pilar se refere a identificar quais são os problemas em sua vida financeira, quais são as necessidades, mudanças, prioridades e objetivos que você deseja alcançar, é através desse pilar que você saberá se pode dar aquela esticada no churrasco do final de semana, ou se terá que conter os gastos.

Registrar

Depois de identificada a torneira financeira, está na hora de fechar ela, e com essas informações em mente, o próximo passo consiste em colocar tudo na ponta do lápis. Isso te dará a dimensão de como está sua saúde financeira, trabalhando com números você saberá quanto está entrando e quanto está saindo de sua conta para dar os próximos passos.

Revisar

Hora do show, agora, com toda essa munição de informações precisa sobre o estado da sua vida financeira, você pode analisar quais comportamentos e hábitos terão que mudar e deixar de lado por um período até que sua vida financeira estabilize, ou o quanto você já pode investir (passo seguinte), caso tenha sobra de dinheiro na conta, para que você possa receber renda passiva.

Assim, você pode definir o que precisa ser alterado para alcançar seus objetivos financeiros, bem como o que é positivo e deve ser reforçado.

E por fim, eu gosto muito desse último pilar de vida, que é o AGIR, depois de mapeado, documentado, revisto, está na hora de colocar em prática, e empilhar ações para que sua vida financeira mude, afinal a teoria só tem valor se você aliar a prática junto.

E aí, deixa um comentário abaixo hey André estou aqui, e me conta se você vai dar um passo para sua independência financeira hoje…

E falando em AGIR, falaremos muito sobre o ato de usar a sua máquina – corpo – de modo inteligente, já pensou você ter um corpo saudável e bonito, pois saiba que é possível com inteligência.

Até mais. André Wilton

Compartilhe:


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.