Jaqueline Guerra: “informação de fontes
seguras ”

A empresária Jaqueline Guerra, radicada em São José dos Pinhais, recebeu do Ministério da Economia, o registro profissional de jornalista, cadastrada sob o número 00128744, estando apta a exercer a profissão. Natural de Maringá, Jaqueline sempre teve sua paixão pela comunicação, pelo jornalismo. Em 1992, por exemplo, já tinha concluído, com certificado, um curso de radialista, promovido pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial-Senac, credenciando a exercer aquela profissão. E não parou.

A empresária Jaqueline Guerra, radicada em São José dos Pinhais, recebeu do Ministério da Economia, o registro profissional de jornalista, cadastrada sob o número 00128744
Foto: Cla Ribeiro

Continuou estudando em entidades credenciadas em aulas de jornalismo, tais como o Centro Universitário Internacional Uninter, onde agora faz o curso de Jornalismo Digital.
O curso habilita o aluno para atuar no cenário de jornalismo digital em redações de veículos de comunicação, assessoria de comunicação, setores de comunicação de organizações públicas e privadas, agências de notícia, agências de checagem, além da possibilidade de atuar em projetos independentes e empreendedores. Permite também que toda e qualquer pessoa possa produzir conteúdo para as redes sociais, sites, blogs e qualquer outro meio de comunicação.
Segundo Jaqueline Guerra, “com a chegada do jornalismo digital, além velocidade nas publicações a credibilidade da informação, sempre de fontes seguras, é de fundamental importância. Entendo que um novo jornalismo está em evolução, com novas ferramentas, seguindo a onda de interesse das pessoas por notícias com credibilidade”.
E prossegue Jaqueline: “Também é importante valorizar desempenho do jornalista-especialista em sua área de atuação tais como economia, gastronomia, política, arte. E não devemos esquecer do jornalismo-investigativo, como por exemplo, o espaço Pública, fundado em 2011 por repórteres mulheres”

Deixe um comentário