Lavanderias, a solução em tempos de crise hídrica?

Lavanderias, a solução em tempos de crise hídrica?

Compartilhe:


Com a crise hídrica e a bandeira vermelha na conta de luz por conta de pandemia, muitas pessoas estão mandando roupas e acessórios de casa para lavanderias


Higienizar as roupas, peças de cama, mesa e banho pode ficar mais em conta se mandado periodicamente a uma lavanderia. Uma economia sustentável, financeira e de qualidade, principalmente nessa época em que a preocupação em eliminar ácaros, mofos, o coronavírus, variantes da covid e da gripe são essenciais.

Para Birgit Keller Marsili, proprietária da Lavoutique Lavanderia & Costura, em Curitiba, essa preocupação não é de hoje, mas com a pandemia, pelo menos 25% dos seus clientes se tornaram mais atentos quanto à higienização correta e maior frequência destas peças. Segundo ela, tratar peças de roupa em casa tem se tornado muito caro e muitas vezes não é eficaz na eliminação de fungos e bactérias que se acumulam por meio do pó e da sujeira que trazemos da rua.

“Para conseguirmos eliminar bactérias, vírus e fungos, precisamos alcançar temperaturas mais altas durante a lavagem, aliados a produtos com tecnologia que conseguem eliminar esses agentes. Lembrando que cada tecido tem a sua especificidade e cuidados de lavagem e secagem. Muitas vezes as máquinas domésticas não têm estas tecnologias para atender a lavagem e secagem adequada para as roupas, conforme as etiquetas de instrução de cada peça. Ou seja, o tempo, a água e a energia são desperdiçados. Não vale a pena”, explica.

Além disso, muitas roupas e tecidos devem ser tratados apenas a seco, processo que só uma lavanderia profissional pode fazer. Mas como as pessoas não têm o hábito de ler as etiquetas de instrução e composição das peças, acabam colocando tudo dentro da máquina, misturando texturas com produtos que podem danificar as peças durante o processo da máquina.

“O nosso cliente que mandava vestidos, ternos e camisas com frequência, também começou a mandar roupas de cama, mesa e banho. São peças grandes, que podem ser lavadas em temperaturas mais altas, mais difíceis de passar. Se colocar na ponta do lápis o que se gasta em casa vale mais a pena mandar para a lavanderia”, orienta.

Ainda de acordo com a empresária, os tapetes e cortinas são itens que acrescentam um charme na decoração da casa, mas para quem sofre com alergias, eles costumam acumular muita poeira, ácaros e mofo. A rinite alérgica afeta 30% dos adultos brasileiros e para as crianças o cuidado na higienização precisa ser ainda maior. Estas peças, agora em época de pandemia, também devem ser higienizadas com mais frequência, garantindo a remoção total de qualquer agente nocivo à saúde.

Durante a pandemia, muito se falou da importância da prática da atividade física, com isso os tênis se tornaram cada vez mais presentes na rotina das pessoas. Cada vez mais belos, modernos e tecnológicos, não importa se é usado para trabalhar todo dia ou para praticar esportes, a manutenção dos tênis é essencial para que ele dure por mais tempo e evitar doenças nos seus pés. A micose, infecção causada por um fungo, costuma atacar a pele e as unhas dos pés. Em geral, ela provoca sintomas como coceira, manchas brancas, rachaduras entre os dedos e deformação nas unhas. Manter os calçados sempre limpos ajuda a evitar este incômodo. Só a lavagem profissional elimina fungos e bactérias com produtos especializados.

Crise hídrica e bandeira vermelha

Com a cobrança da bandeira vermelha como consequência da pandemia, muitos consumidores viram suas contas de luz terem um reajuste considerável. O mesmo acontece com a conta de água. Devido à crise hídrica, o rodízio de abastecimento se tornou um tormento para os consumidores. Isso reforça a ideia de que está sendo mais em conta, mandar roupas para uma lavanderia.

“Nossa lavanderia, nos últimos anos passou por várias adaptações para sermos mais sustentáveis: equipamentos italianos e suecos que equalizam a quantidade de água e energia com a quantidade de roupas nelas lavadas. Além disso, trabalhamos com produtos alemães, de uma empresa que está a 136 anos no mercado, produtos altamente tecnológicos e biodegradáveis que tem uma grande eficiência com menos temperatura, menos água e ciclos mais curtos, garantindo uma excelente qualidade com menor consumo de energia e água, sendo a única lavanderia em Curitiba que trabalha com esta linha de produtos”, conclui Birgit.

A dica é, coloque no papel todas as despesas envolvidas na higienização das suas peças e veja como pode economizar usando os serviços profissionais de uma lavanderia. Lembrando que as peças lavadas em lavanderia duram sete vezes mais, do que aquelas lavadas em casa.

Fonte:

Ale Maya – FLASH CURITIBA

Jornalista (DRT: 11982/PR)

(041) 99820-9210

Compartilhe:


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.